Tatiana Rolim por si própria

foto tatiana rolim Além dos trabalhos profissionais divulgados neste espaço, busco com as oportunidades criadas quebrar preconceitos e pré-julgamentos das pessoas com deficiência.
Facilitando assim a inclusão social, educacional e profissional desta categoria que eu faço parte desde que me tornei “cadeirante” em Janeiro de 1995.

Release

TATIANA ROLIM

  • Psicóloga;
  • Psicopedagoga;
  • Autora do Livro Meu Andar Sobre Rodas;
  • Palestrante;
  • Modelo.
Nasceu em São Paulo, é portanto, Paulistana, cresceu e viveu no Município de Franco da Rocha isolado de São Paulo. Tatiana Rolim, dentre as profissões descritas, é uma mulher de conquistas. Ao sofrer um acidente em Janeiro de 1995, sobreviveu entre cicatrizes, sondas, esperas e idéias, reencontriu-se em si mesma. Uma característica marcante em sua personalidade, da genética da mãe é a persistência e o otimismo com que enfrenta a vida cheia de metas, planos e objetivos.

Alguns Trabalhos:

- Modelo Fotográfico;
- Fotos: F1 GPBrasil (não publicado);
- Fotos publicadas na Revista Veja e outras da Editora Abril;
- Desfiles realizados para estilistas: Juarez Fernandez e Caio Vogth;
- Desfiles Feira Internacional REATECH;
- Recepção Evento GP Brasil 2007-Hotel Caesar PARK.

Programas de TV:

- Luciana Gimenez - Record;
- Sônia Brid – TV Globo;
- SBT, CULTURA e outros.

Algumas Palestras:

- Empresas: Natura, Cevig, Sprinter, Senac, Goodyear e Senac;
- Instituições: Clínica de Reabilitação, Fundação Casa, Internatos e Igrejas;
- Escolas/Universidades: FIG, UNG, UMC, Unidades da Prefeitura de Osasco.

2008:

Recentemente publicou a 2ª edição do livro "Meu Andar Sobre Rodas" e realiza trabalhos de dança sobre rodas. Recebeu prêmio de responsabilidade social no Município de Osasco pelo Conseg (Conselho de Segurança) O Livro torrnou-se peça de Teatro numa Universidade. E A proposta dos próximos projetos está por vir.

2002-2007:

Conquistou seu espaço profissional, mudou-se para Osasco, morou sozinha, provou de tudo que se propôs nas conquistas profissionais. Paralelamente e todos os eventos profissionais e vitórias, o lado mulher reinou em conquistas. Teve grande amores, casou-se, separou-se e espera apaixonar-se novamente e construir uma família, resultados que só a inclusão traz.

2004:

Entre outras campanhas publicitárias realizadas, foi eleita uma das Condutoras da Tocha Olímpica no Brasil, pela comemoração dos jogos da XXVIII Olimpías da Atenas 2004.

2001-2006:

Concluiu o Curso de Psicologia em 2001, deixou sua marca registrada na Faculdade, onde lançou a 1ª edição do livro Meu Andar Sobre Rodas e mais do que isso, deixou marcas com a implantação de rampas e acessibilidade a outras pessoas que por eventualidade possa precisar. Através de um dos programas de tv conheceu uma assessora de noivas e voltou a desfilar usando-se da cadeira de rodas. Enquanto Psicóloga, após o curso de Residência na área de Psicologia tornou-se Especialista no ramo da Reabilitação de pessoas com deficiências, incluindo outras especialidades como a Violência Doméstica contra Crianças, Adolescente e Mulheres, Saúde Coletiva e Saúde da Família, realiza inúmeras palestras nos diferentes segmentos de Inclusão Social da Pessoa com Deficiência e Unidades da Fundaço Casa, tem importante participação na imprensa e demais meios de comunicaçes com os temas correlacionados.

1998-2000:

Estudou em Guarulhos, partia de Franco da Rocha ás 7 horas da manhã para o trabalho em Santo Amaro, em uma empresa de tv, em seguida seguia mais quase 3 hora de transporte coletivo até a Faculdade de Guarulhos.

1996-2000:

Passou a enfrentar situações por ela antes desconhecida como o preconceito social com a pessoas com deficiências, dificuldades de acessibilidade, impedimento de ir e vir com liberdade, mas mesmo assim a mesma Tatiana Rolim revelou-se através das "As Rodas de Tatiana” e encontrou seu espaço. Voltou trabalhar, embarcava nos meios de transporte coletivo com sua cadeira de rodas despertando olhares e curiosidade, inicialmente com apoio e companhia do pai, em seguida sozinha até obter outras conquistas.

1990-1995:

Na adolescência, desde muito cedo buscou os primeiros passos para sua independência financeira, trabalhou como telefonista, recepcionista, acompanhante de cachorro aos finais de semana, atendente de lanchonete no Mc Donald’s e modelo até os 17 anos quando sofreu o acidente em Franco da Rocha. A história do acidente tornou-se uma obra, pela própria autora, revelando assim que a persistência está em tudo para vencer na vida. Legalmente, foi mais uma dos inúmeros cidadãos exclusos por leis e direitos no nosso País. Tornou-se a partir daquele ano de 1995, “cadeirante” e reconquistou seus planos assumindo-se como a mesma Tatiana Rolim de antes, estudante, namorada, filha, cidadã e ainda assim, uma pessoa normal, no entanto cadeirante.